TIM Training Innovation Competences in the metalworking sector

Lifelong Learning Programme

A indústria metalúrgica e metalomecânica é um dos setores chave a nível europeu, não só por ser um dos principais criadores de emprego, mas também por ser um dos mais lucrativos de toda a indústria transformadora europeia.

Esta informação é reconhecida pela Direção Geral das Empresas e da Indústria da Comissão Europeia na sua publicação “Spotlight on Europe’s invisible sector”, que aponta também a Alemanha, seguida da Itália, França, Reino Unido e Espanha como os maiores produtores. Contudo, o setor não está livre de problemas, agravados pela presente crise económica global. Nesse sentido, existe a necessidade de melhorar competências dos seus trabalhadores e implementar capacidades relacionadas com a criatividade e inovação que resultam numa melhoria da competitividade de negócio.

Palle Rasmussen define criatividade como:

A capacidade/competência de uma pessoa, com determinados recursos e contexto, ter um efeito visível na inovação de um domínio de conhecimento e prática.

A competência inclui 3 componentes:

  1. Transferência e combinação de conhecimentos;
  2. Autonomia equilibrada;
  3. Foco na capacidade e disciplina.

O projeto TIM é cofinanciado pela União Europeia através do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida e é resultado da colaboração de organizações de 6 países: Espanha, Portugal, Itália, Alemanha, Polónia e Grécia. O objetivo do projeto é criar um ambiente colaborativo de aprendizagem online que desenvolva a criatividade entre trabalhadores da indústria metalúrgica para que possam ser os impulsionadores da introdução da inovação nas empresas metalúrgicas.

Objetivos

O objetivo principal do projeto aqui proposto é desenvolver a criatividade entre os trabalhadores do sector metalúrgico para poderem reagir e adaptar-se às mudanças exigidas no seu trabalho de forma a melhorar a competitividade das empresas neste setor.

Para tal, o projeto pretende detetar as necessidades de formação entre trabalhadores do setor metalúrgico e metalomecânico, providenciar os formadores destes trabalhadores com os recursos necessários para tornar as ações de formação mais eficazes e adaptadas às atuais exigências dos mercados globais e facilitar a troca de boas práticas entre trabalhadores e formadores para uma melhoria contínua do desenvolvimento do seu trabalho.

Adicionalmente, o projeto tem como objetivo providenciar as competências necessárias aos trabalhadores do setor metalúrgico e metalomecânico com vista a aumentar a sua criatividade de forma a que possam incorporar inovação no seu trabalho quotidiano e contribuir assim para uma melhoria do setor, através do uso de um ambiente colaborativo online.

Parceiros

Fundación FORMETAL eé uma organização sem fins lucrativos gerida por uma Administração eleita da Federación Vizcaína de Empresas del Metal.

Os seus propósitos são: Desenvolvimento profissional de trabalhadores a todos os níveis, tanto empregados como desempregados, bem como preparação da empregabilidade e melhoria da competitividade de empresas e organizações.

O grupo alvo da fundação são empregados e trabalhadores pertencentes à indústria metalúrgica de Biscaia que se enquadrem em categorias profissionais estabelecidas nas empresas. A Fundação Formetal está ciente da ausência de espaços de formação em diferentes áreas de investigação e novas tecnologias, tentando, por isso, promover bolsas através de acordos com empresas que permitam o desenvolvimento e adaptação de sistemas que promovam a incorporação de jovens graduados no mercado de trabalho.

Outra das áreas de atividade é a publicação de manuais de gestão de negócios que são distribuídos livremente entre os trabalhadores da indústria metalúrgica.

Hellenic Management Association (HMA) é uma organização sem fins lucrativos com a missão de contribuir para a promoção, divulgação e promulgação de princípios, métodos e práticas de gestão moderna.

Hellenic Management Association (HMA) foi criada em 1962.

A HMA tem membros tanto a nível corporativo – empresas e organizações do setor público e privado – como indivíduos – executivos médios e de topo, empreendedores, professores e estudantes.

A Hellenic Management Association inclui cinco Institutos especializados em funções particulares de gestão e quatro setores que lidam com questões gerais de negócios.

A HMA formou mais de 400.000 pessoas durantes os seus 49 anos de existência e conta com uma vasta rede de profissionais, instituições académicas, administrações públicas e formadores. Também desenvolveu mais de 14.000 programas de formação.

Studio Centro Veneto sas (SCV) é uma empresa de consultadoria e formação criada em 1968, em Vicenza.

Oferece serviços qualificados para micro empresas e PME na área da: formação educacional, gestão, qualidade, marketing e, acima de tudo, processos de transferência de negócios (investigação, formação, primeiros socorros e consultadoria contínua).

A SCV tem fortes ligações ao setor público (Autoridades nacionais e regionais, Câmaras de Comércio, Universidades e Centros de investigação) e com o setor privado (Artesanato, Comércio e Associações de indústria, Centros de formação, Consultores).

O parceiro mais relevante da SCV no âmbito deste projeto é a Apindustria Vicenza, uma associação de PME, em que metade dos seus membros pertencem ao setor metalúrgico.

A Mistia é uma das maiores ONG da Região de Malopolska.

Desde a sua criação em 1991, tem trabalhado para apoiar o desenvolvimento do setor do estado civil e promover a ideia de colaboração entre parceiros a nível regional e local. Cria oportunidades para melhoria dos métodos de gestão de setores da administração pública, ONG e PME e apoia indivíduos em atividades de empreendedorismo.

A Mistia providencia as suas atividades de acordo com padrões ISO e é ativa em formação, implementação de projetos, serviços de consultadoria e aconselhamento, atividades de investigação e gestão de 17 fóruns formados por funcionários do governo local.

Desde 1996, a Mistia está registada no Sistema de Serviço Nacional - ONG, especialistas na provisão de uma variedade de serviços para empreendedores e startups.

A Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI) é uma empresa de consultadoria, criada em 1997, com um profundo conhecimento dos setores público e privado, assim como dos processos que permitem aos seus clientes fomentar a inovação, ser competitivos e gerar crescimento.

A SPI providencia serviços em 3 áreas: Formação, Consultadoria e I&D. Tem uma equipa permanente de aproximadamente 50 pessoas localizadas em vários escritórios a nível global. A SPI é acreditada pela DGERT com capacidade reconhecida em conduzir diversas atividades de formação.

A SPI tem experiência em usar diferentes metodologias de formação para vários grupos-alvo e aplicar abordagens pedagógicas inovadoras, incluindo E-learning. Tem também experiência no desenvolvimento de planos de formação, identificação/seleção de recursos de formação, desenvolvimento de materiais didáticos, supervisão e avaliação de cursos de formação e análise do impacto de programas de formação, entre outros.

A SPI tem um excelente registo de participação em projetos cofinanciados por programas comunitários, com reconhecimento da qualidade das tarefas realizadas.

Inveslan é uma organização privada de investigação que trabalha na área da formação, especialmente formação de profissionais e educação para adultos; tecnologias de comunicação aplicadas a ambientes de aprendizagem e gestão; questões de género; emprego; gestão de conhecimento; comunidades desfavorecidas; avaliação.

Lidera, coordena e participa no desenvolvimento e validação de itinerários, conteúdos e metodologias de formação que promovam a inclusão social e profissional de comunidades vulneráveis.

A experiência da Inveslan engloba três tipologias principais de iniciativas: a promoção, desenvolvimento e melhoria das competências e qualificações, principalmente ao nível do VET (Vocational Eduacation and Trainning), mas também ao nível da educação para adultos; o desenvolvimento de ferramentas e metodologias para a melhoria da gestão empreendedora e do empreendedorismo e a promoção de ambientes de trabalho e sociais inclusivos baseados em termos interculturais, intergeracionais e de equilíbrio de género.

e-Training Solutions é uma pequena empresa privada que desenvolve recursos de formação online e offline síncronos e assíncronos.

As principais áreas de experiência são a produção multimédia, a escrita e desenvolvimento de materiais instrutivos e realização de análise de necessidades. A eTs desenvolve e apoia um sistema patenteado de gestão de conteúdos para websites e livros eletrónicos (e-books).

Eventos

TIM Project Final Conference. Vicenza

Italy | 9 July 2015

TIM partnership presented The TIM online Collaborative Learning Environment to the enterprises which took part in the event. The conference also allowed participants to share professional experiences about creativity and innovation in the metalworking sector, among others.

Resultados